top of page
  • marvintoledo

Renovação do Porto de Chancay: Impulsionando o Desenvolvimento Econômico no Peru


O Porto de Chancay está passando por um processo de modernização desde 2019, após décadas de limitações em sua infraestrutura que têm prejudicado sua capacidade de lidar com uma variedade mais ampla e volumosa de cargas. Este projeto de renovação, estrategicamente localizado na costa central do Peru, a apenas 80 quilômetros ao norte de Lima, na região de Huaral, tornou-se um ponto focal para o desenvolvimento econômico do país. Além disso, sua localização próxima ao Corredor Interoceânico Central o posiciona como uma rota logística chave para o transporte de mercadorias a nível nacional e internacional.


A modernização do Porto de Chancay não apenas busca resolver as deficiências de infraestrutura existentes, mas também aproveitar ao máximo seu potencial para impulsionar a competitividade do Peru, melhorar sua eficiência logística, fortalecer sua conectividade e atrair investimentos.


Projeto de modernização do Porto de Chancay


Iniciados em 2019 com um investimento inicial de US$1,3 bilhão e projetados para superar US$3,6 bilhões a longo prazo, os trabalhos de modernização do Porto de Chancay são liderados pela empresa chinesa Cosco Shipping, com uma participação de 60%, e pela empresa peruana Volcan Compañía, com 40%.


Este megaporto, projetado para se tornar um hub regional, tem uma capacidade inicial planejada para lidar com 1 milhão de TEU anualmente em sua primeira fase, juntamente com 6 milhões de toneladas de carga geral e a granel, e a capacidade de receber navios com até 18.000 contêineres. Esses números não apenas demonstram o potencial de crescimento para diversas indústrias no Peru, mas também prometem um impacto econômico significativo, incluindo a criação estimada de cerca de 7.500 empregos diretos e indiretos durante as diferentes etapas do projeto.


Além disso, ao se tornar uma porta de entrada direta para a Ásia, o Porto de Chancay está destinado a se posicionar como um dos hubs portuários mais importantes na costa do Pacífico. Essa estratégia não apenas atrairá uma parte substancial do comércio de países vizinhos como Chile, Equador, Colômbia e Brasil, mas também aliviará a congestão no Porto do Callao, atualmente saturado como principal porto do país.


É relevante destacar que, embora o projeto tenha sido financiado inteiramente pelo setor privado, tanto o governo chinês quanto o peruano desempenharam um papel crucial na execução das obras de construção e modernização do porto.


Espera-se que o porto modernizado comece a operar no último trimestre de 2024, coincidindo com a inauguração prevista durante a Cúpula de Cooperação Econômica da Ásia-Pacífico (APEC) no Peru, programada de 10 a 16 de novembro, com a participação do presidente chinês, Xi Jinping.


Principais desafios do projeto


Como todo projeto dessa magnitude, o Porto de Chancay enfrenta uma série de desafios que precisam ser abordados para maximizar seu potencial:


• Desafios técnicos na renovação da infraestrutura portuária; A falta de infraestrutura de transporte terrestre adequada no país, incluindo estradas e ferrovias;

• Obtenção de investimentos suficientes para financiar o projeto;

• Compromisso com a sustentabilidade e proteção do meio ambiente; Investimento em tecnologias avançadas para melhorar a capacidade operacional e reduzir os impactos ambientais;

• Envolvimento efetivo do governo peruano em políticas e regulamentações que apoiem o projeto, bem como o estabelecimento de incentivos fiscais para o investimento privado em infraestrutura portuária;

• Desenvolvimento de negócios e alianças estratégicas com outros atores da cadeia logística.


Em conclusão, a modernização do Porto de Chancay representa um projeto ambicioso que promete impulsionar o desenvolvimento econômico no Peru. Ao se tornar um hub regional importante e uma porta de entrada para a Ásia, o porto está destinado a desempenhar um papel crucial no comércio internacional, embora para alcançar seu máximo potencial, seja necessário superar os desafios existentes e garantir um compromisso contínuo tanto do setor privado quanto do governo peruano.


Comments


GET IN TOUCH

Get the Ball Rolling!

A global network, potential savings, a tricky logistic situation that you just can’t solve -Send us a message and we’ll respond within 48 hours of receiving your inquiry.
Connect with us

ENTRE EM CONTATO

Fazer a bola rolar!

Uma nova localização de fornecimento? Procurando por possíveis economias? Uma situação logística complicada que você simplesmente não consegue resolver? Envie-nos uma mensagem e responderemos dentro de 48 horas após recebermos sua consulta.
bottom of page